Critérios do Ciência Sem Fronteiras ainda causam discussões

Estudantes de Ciências Humanas e Sociais enfrentam dificuldades para conseguir intercâmbio.

por Soraia Alves

Estudantes de alguns cursos das áreas de Ciências Humanas e Sociais não poderão mais se candidatar a vagas do Programa Ciência Sem Fronteiras. Créditos-Arquivo pessoal.jpg Estudantes de alguns cursos das áreas de Ciências Humanas e Sociais não poderão mais se candidatar a vagas do Programa Ciência Sem Fronteiras. (Foto: reprodução)

Estudantes de alguns cursos das áreas de Ciências Humanas e Sociais não poderão mais se candidatar a vagas do Programa Ciência Sem Fronteiras. Créditos-Arquivo pessoal.jpg Estudantes de alguns cursos das áreas de Ciências Humanas e Sociais não poderão mais se candidatar a vagas do Programa Ciência Sem Fronteiras. (Foto: reprodução)

Quando surgiu o programa Ciência Sem Fronteiras (CsF), do Governo Federal, muitos estudantes de nível superior viram a chance de conseguir uma bolsa de intercâmbio no exterior. Mas desde a sua criação, o CsF é alvo de questionamentos e discussões sobre os critérios de avaliação dos candidatos.

Uma das reivindicações refere-se à exclusão dos cursos de Ciências Humanas e Sociais dos editais. A justificativa do Ministério da Educação é a de que “o CsF tem foco nas Engenharias, Tecnologia da Informação, Ciências Exatas e afins”. Eles reconhecem as outras áreas da Ciência, mas alegam que elas têm o mercado saturado, enquanto para as Exatas sobram vagas não preenchidas por falta de profissionais especializados.

Anteriormente, alguns cursos receberam bolsas para a categoria ‘Indústria Criativa’, área cujo edital reunia “Cinema, Arquitetura, Desenho Industrial, etc.” – o uso do “etc.” abriu uma brecha para diversos cursos. A aluna Amanda Tavares, que cursa Jornalismo na Unesp, foi aprovada nessas condições. Hoje ela está em Londres, na Inglaterra, junto com outros estudantes das áreas de não-Exatas. “É impressionante a quantidade de alunos aqui que estudam Jornalismo, Cinema e coisas assim”, conta.

Izadora Pimenta está numa situação diferente. Também estudante de Jornalismo (PUC-Campinas), tentou uma bolsa para Portugal na categoria ‘Indústria Criativa’, mas encontrou dificuldades desde a inscrição. “Cheguei a ligar algumas vezes no Capes para confirmar coisas que sabíamos primeiro por terceiros e depois pelo site do programa”, relata. Entre os problemas na inscrição e a demora do resultado, Izadora acabou não sendo selecionada. Agora não tem mais chances de concorrer depois da retirada de Artes Plásticas, Cinema, Jornalismo e Publicidade dos editais. Como se não bastasse a frustração de não conseguir a bolsa, muitos alunos também investiram dinheiro em suas candidaturas, principalmente para os exames de proficiência em língua estrangeira.

Amanda Tavares, estudante de jornalismo, conseguiu bolsa do CsF para ficar um ano em Londres. (Foto: reprodução)

Amanda Tavares, estudante de jornalismo, conseguiu bolsa do CsF para ficar um ano em Londres. (Foto: reprodução)

Enquanto o CsF não se posiciona definitivamente sobre o direito ou não da participação de cursos de Ciências Humanas e Sociais, as reclamações continuam. “A visão de que ciência e tecnologia só dizem respeito às áreas que trazem isso tradicionalmente no nome é senso comum. Acredito que a Comunicação é uma ciência a ser seriamente estudada. Falta um incentivo por parte do governo para a área”, diz Izadora. Já Amanda lamenta nem todos terem uma oportunidade como a sua. “Fico muito triste com essa restrição porque tenho aprendido muita coisa importante por aqui. A ‘Indústria Criativa’ tem muito potencial pra levar conhecimento e tecnologia para o país”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s