O narcisismo do século XXI

A moda de tirar ‘selfies’ invadiu as redes sociais e ganhou diferentes formatos

Por Camila Nascimento

Selfie é um termo em inglês que significa sozinho ou a própria pessoa. No ano de 2013 o termo foi mundialmente disseminado como uma espécie de autoretrato. As famosas fotos publicadas pelas redes sociais são basicamente tiradas pelo próprio usuário da rede e mostram apenas seu rosto e de mais pessoas que estiverem no plano.

Durante a 86ª cerimônia de entrega do Academy Awards, o Oscar de 2014, no dia 2 de Março, a apresentadora Ellen Degeneres divertiu os convidados propondo uma foto ‘selfie’ em grupo com atores famosos como Julia Roberts, Brad Pitt e Angelina Jolie. A fotografia foi a mais compartilhada do ano nas redes sociais.

O ator Bradley Cooper usa o celular da apresentadora Ellen Degeneres para bater a ‘selfie’ mais famosa do mundo (Imagem: Reprodução)

O ator Bradley Cooper usa o celular da apresentadora Ellen Degeneres para bater a ‘selfie’ mais famosa do mundo (Imagem: Reprodução)

SELFIE ANÔNIMO

Apesar de muito popular entre os famosos, não são só as celebridades que fazem ‘selfies’. Há quem se afirme como “selfiemaníaco”, que não consegue ficar um dia sem tirar e postar uma selfie na rede social. O estudante de Design Lucas Melara é um deles “Me considero um viciado sim, e muito. Quando acordo, quando vou sair, quando acho que o tempo ta bonito ou a iluminação esta favorável, ou independente de tudo isso, quando dá vontade é hora de tirar uma selfie” relata. O universitário conta ainda, que já fez as contas de quantas selfies tinha publicadas em seu Instagram. Ao todo eram 2.300 autoretratos.

O universitário Lucas Melara é um viciado em selfies e afirma já saber qual é o seu melhor ângulo (Imagem: Arquivo Pessoal/Instagram)

O universitário Lucas Melara é um viciado em selfies e afirma já saber qual é o seu melhor ângulo (Imagem: Arquivo Pessoal/Instagram)

SELFIE DE OUTROS CARNAVAIS

Há também quem se utilize da ferramenta não só para atualizar as redes, mas principalmente para bater fotos sem a ajuda de ninguém. O engenheiro Felipe Moreno, afirma ser adepto às selfies muito antes de virarem febre. “Eu e minha esposa sempre viajamos muito juntos, só nós dois. E a única alternativa para bater fotos nossas sem pedir a ajuda de ninguém. Mas não são todas que saem boas” conta.

Com a popularização dos smartphones com câmeras frontais os problema de angulação e foco foram solucionados. As pessoas podem se ver nas fotos e saber na hora se vai ficar boa ou não o que facilitou a disseminação do fenômeno das ‘selfies’. “Agora que virou moda e eu ganhei um celular muito bom, as ‘selfies’ viraram diversão. Na nossa última viagem, estávamos em um grupo de 9 pessoas e batemos várias selfies, que ficaram muito boas e divertidas por sinal” relata Felipe.

O engenheiro Felipe Moreno com o seu grupo de amigos em ‘selfie’ tirada no Peru com participação de uma Lhama (Imagem: Arquivo Pessoal)

O engenheiro Felipe Moreno com o seu grupo de amigos em ‘selfie’ tirada no Peru com participação de uma Lhama (Imagem: Arquivo Pessoal)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s