Design para o bem comum

Com os conceitos de economia solidária, projeto Labsol trabalha em parceria com comunidades no desenvolvimento de produtos sustentáveis

Por Deivide Sartori

O Laboratório de Design Solidário, mais conhecido como Labsol, é um projeto de extensão da Unesp-Bauru, em atividade desde 2007. Apoiado nos conceitos de sustentabilidade, eco-design e economia solidária, a iniciativa conta com a participação de alunos de Design e Relações Públicas da Unesp para atuar em parceria com comunidades e cooperativas de artesãos no desenvolvimento de seus produtos.

De acordo com Claudio Goya, professor de Design e coordenador do projeto, após as comunidades entrarem em contato com o laboratório, os estudantes aprendem com os artesãos como estes fabricam seus produtos. Nessa etapa, os alunos conhecem as necessidades do grupo. As comunidades podem buscar, por exemplo, melhorar o produto, criar uma identidade visual, entre outras demandas. Após isso, dentro do Labsol os saberes populares são somados aos dos universitários com o intuito de desenvolver os produtos e as técnicas.

De objetos de decoração a utilitários: produtos do Labsol unem design e sustentabilidade (Imagem: divulgação)

De objetos de decoração a utilitários: produtos do Labsol unem design e sustentabilidade (Foto: divulgação)

Malon Motta, estudante do 5º semestre do curso de Design, há dois anos participa das atividades do laboratório. Segundo ele, a filosofia do projeto foi uma das coisas que despertou seu interesse: “O Labsol acredita no potencial do artesão brasileiro e se utiliza do design para potencializá-lo da melhor maneira possível, sempre reafirmando o artesanato como propriedade do seu criador. Talvez seja essa a grande mensagem do projeto”, afirma.

O Labsol e a economia solidária

Labsol - Foto 2 - Crédito_Facebbok-Labsol

Em atividade desde 2007, o Labsol é coordenado pelo professor de design da Unesp-Bauru, Claudio Goya  (Foto: divulgação)

Trabalho cooperado, autogestão, controle democrático e preocupação com a comunidade. Esses são alguns dos conceitos da economia solidária, e no Labsol tais ideias também se fazem presentes na prática. “Participo de todas as iniciativas do Labsol e essa é uma das características principais do projeto; a horizontalidade e coletividade em todos os aspectos”, enfatiza Motta.

O Labsol é associado à Rede Brasileira de Socioeconomia Solidária e atua em parceria com cooperativas e demais grupos envolvidos no tema. “A economia solidária é outra forma de organização do trabalho dentro da sociedade capitalista e representa uma alternativa para as pessoas excluídas do mercado se organizarem gerando trabalho e renda”, explica, em entrevista para a TV Unesp, o professor Goya.

Dentro dessa perspectiva de trabalho, o Labsol procura outra maneira de fazer design: “É uma forma de levar o aluno a fazer não um design para a grande indústria, mas sim um design para o bem comum e que seja útil socialmente”, afirma Goya. Para o estudante Marlon Motta, a possibilidade de interagir com as comunidades é uma grande contribuição para sua formação. “Essa interação da universidade com a população é extremamente importante e cada vez mais deve ser reafirmada”, completa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s