Os capitães de ouro

Bellini, Mauro, Carlos Alberto, Dunga e Cafú: as curiosidades sobre os cinco líderes da Seleção Brasileira nos títulos mundiais

Por Bianca Teixeira Morelli

A tão esperada Copa do Mundo de Futebol no Brasil está muito próxima. A bola rola no dia 12 de junho de 2014 e as expectativas de sucesso da nossa seleção são inevitáveis. Isso porque a anfitriã deste ano é a seleção mais vitoriosa da história do campeonato mundial. Pensando nisso, o UniversiTag organizou uma linha do tempo com os cinco capitães vencedores da Seleção Brasileira, destacando a característica especifica de cada um.

1958 – Bellini inaugura o gesto que transcenderia a esfera do esporte

 Primeiro Campeonato (1958 –Suécia)

Foi na sexta edição do campeonato mundial que o Brasil conquistou seu primeiro título. O nosso capitão era o zagueiro Hilderaldo Luiz Bellini, mais conhecido como apenas Bellini. A marca registrada do capitão foi seu gesto de levantar para o alto a taça de campeão com as duas mãos. Este gesto foi repetidamente copiado por todos os outros capitães vitoriosos.

1962 – O Brasil é bicampeão com “Martha Rocha”. (Foto: divulgação)

Bicampeonato (1962 –Chile)

O responsável pela braçadeira do segundo campeonato foi o também zagueiro Mauro Ramos de Oliveira e deixou na reserva o capitão e ídolo Bellini. Mauro foi apelidado de Martha Rocha, miss Brasil da época. O apelido inusitado foi dado devido ao seu estilo técnico e o fato de se vestir bem fora do campo.

1970 – O Brasil torna-se o dono da taça Jules Rimet (Foto: divulgação)

Tricampeonato (1970 –México)

Carlos Alberto Torres foi o líder do tricampeonato. O capitão, de vigor físico invejável, é visto como um dos maiores jogadores da história e um dos grandes nomes da Copa do Mundo de 1970. Foi dele o quarto gol da seleção brasileira na final contra a Itália, numa das jogadas mais marcantes do Brasil. Este título confirmou a superioridade brasileira em relação ao futebol mundial ao tornar-se a primeira seleção tricampeã.

1994 - "Essa pra vocês seus traíras" - grita Dunga ao erguer a taça do tetra.  (Foto: divulgação)

1994 – “Essa pra vocês seus traíras” – grita Dunga ao erguer a taça do tetra. (Foto: divulgação)

Tetracampeonato (1994 –Estados Unidos)

O comandante do tetra foi Carlos Caetano Bledorn Verri ou como é mais conhecido, Dunga. O apelido dado pelo tio Cláudio faz referência a um dos Sete Anões devido à estatura baixa do jogador. O espírito guerreiro fazia de Dunga a imagem perfeita de um capitão. O jogador também foi capitão da equipe canarinho na Copa do Mundo de 1998, na França.

2002 - "Regina, eu te amo" - o capitão do penta se declara para sua esposa  (Foto: divulgação)

2002 – “Regina, eu te amo” – o capitão do penta se declara para sua esposa (Foto: divulgação)

Pentacampeonato (2002 –Coreia/Japão)

Titular absoluto da Seleção Brasileira em três Copas do Mundo (1998, 2002 e 2006) e recordista de jogos pela Seleção Brasileira (148 no total), Marcos Evangelista de Morais, o Cafu, foi o último capitão brasileiro a levantar a Taça da Copa do Mundo. Cafu é o exemplo de líder carismático mesmo sem muitos gols. Ao levantar a taça, ele gritou “Regina, eu te amo!”, além de homenagear o bairro onde nasceu ao escrever em sua camisa “100% Jardim Irene”. O lateral-direito era um exímio cruzador de bolas à área e atuava como grande marcador na defesa.

Anúncios

Uma resposta para “Os capitães de ouro

  1. Pingback: Álbum de figurinhas da Copa é febre entre os fãs de futebol | UniversiTag#·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s