Entrevista com Helena Sallas

Como surgiu a ideia de realizar a Feira de Profissões?

A ideia da Feira surgiu muita próxima do evento, no entanto, já era uma vontade dos professores do cursinho Ferradura. Nós contamos com o auxilio profissional de um aluno de psicologia e ele sempre me cobrou pra que tivéssemos nossa feira ou visitássemos algumas feiras na região. Em uma reunião com os outros coordenadores discentes, reunião que foi agendada para resolver outros assuntos dos cursinhos surgiu a ideia de realizar a Primeira Feira de Profissões dos Cursinhos da Unesp Bauru. Essa ideia porém só se tornou passível de ser concretizada ao longo do ano de 2014, pois  os cursinhos se aproximaram em várias atividades como nunca antes havia acontecido. No entanto, enfrentamos alguns problemas na execução da proposta da feira, principalmente devido ao tempo que tínhamos disponível para realizar o evento, já que gostaríamos de fazê-lo antes das inscrições da Vunesp.

Qual a importância da Feira para os envolvidos?

A importância de um evento como esse para os alunos do cursinho, os professores e coordenadores e para a Unesp de Bauru chega a ser inestimável, pois é um evento novo que tomou grandes proporções enquanto ainda era programada e pode render muitos frutos para os organizadores e participantes. Digo isso pois já fomos contatados para outras eventos devido a essa feira que acabou de acontecer! A Unesp de Bauru é o maior campus da Unesp e a maior universidade em Bauru e não oferecia a comunidade bauruense uma oportunidade de conhecer os cursos que aqui são oferecidos.

Como foi o retorno dos alunos?

Os alunos gostaram muito, e muitos elogiaram todo o evento, mas houve críticas também, que foram levantadas pra que pudéssemos aprimorar essas falhas nas possíveis próximas edições do evento. Muitas dessas falhas recorrentes de falta de apoio da própria universidade para realizar o evento e da falta de tempo que tivemos para a organização, já que a ideia surgiu em agosto e a feira foi no final de setembro.

Qual é sua análise final do evento?

O balanço final é que a Feira é um evento totalmente necessário, tanto para os alunos dos cursinhos comunitários como para a população de Bauru, a qual poderá participar em uma próxima edição. A Unesp tem o dever de abrir a universidade para que esses adolescentes possam escolher com mais categoria qual carreira eles desejam seguir. Ainda há muito para melhorar em muitos aspectos, mas de uma maneira geral, para a primeira feira foi um sucesso!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s