Governo Federal lança plataforma Dialoga Brasil

A internet pode servir como ferramenta de interação e diálogo entre população e governo

Marina Walder

A presidenta Dilma Rousseff lançou no dia 28 de julho o Dialoga Brasil, uma plataforma digital para debater de maneira explicativa 14 temas, entre eles saúde, educação, segurança pública, e 80 programas do governo federal, como o Mais Médicos, Farmácia Popular, Bolsa Família, entre outros.

Na cerimônia realizada em Brasília, a presidenta afirmou ser um dos principais compromissos ao ser reeleita o diálogo com a população. Ela comentou também sobre a importância de usar a internet para ajudar o governo a estar atento e sanar as demandas de diversos assuntos.

O Governo Federal já tem atuação no meio digital disponibilizando alguns canais como o Portal Brasil, Portal do Servidor, Portal Planalto, que informam os serviços ao cidadão, e facilitam a comunicação com a sociedade.

André Correa é membro de um coletivo de cunho político que tem pautas LGBT, feministas, e apoia alguns movimentos sociais. Para ele, o portal pode servir para que a comunicação entre a população e o Estado funcione de maneira efetiva. “É difícil dizer agora se vai funcionar ou não. Mas o fato é que as pessoas estão cada vez mais conectadas, e é imprescindível que o governo se conecte com a gente de alguma maneira. Afinal, é nosso direito e obrigação saber do que está acontecendo no nosso país, já que isso implica de maneira direta na nossa vida”, afirma.

No site você poderá fazer novas propostas e apoiar ideias. Outras pessoas também podem apoiar a sua proposta e o governo federal responde às mais apoiadas, que podem se tornar realidade. Dessa maneira, o objetivo é que a plataforma sirva como fomentadora do debate e atue para integrar o Estado e a população.

“Eu espero que as pessoas se informem mais, procurem saber os programas que já estão funcionando, e principalmente os inúmeros déficits sociais que existem hoje no nosso país. Na atual conjuntura de fluxo rápido de informações o que mais vemos é gente desinformada querendo debater. É preciso ter consciência política, ter argumentos e sair a luta para conquistar o que é direito de todos.” completa André. A partir de novembro o governo começa a responder três propostas mais apoiadas de cada programa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s