Viaduto Falcão- Bela Vista é inaugurado rodeado de questionamentos

O conhecido “Viaduto Inacabado” teve sua festa de lançamento na cidade, mas ainda está longe de ser um caso encerrado.

 Renan Hass

Após mais de duas décadas de atraso, mais precisamente 22 anos, o viaduto Falcão-Bela Vista foi inaugurado. A data de lançamento foi intencionalmente no dia do aniversário da cidade, visando presentear a população bauruense, facilitando o acesso para as pessoas que transitam com veículos pelas imediações.

O prefeito Rodrigo Agostinho, em entrevista ao Jornal da Cidade, afirma sobre a importância da obra “Uma ligação viária importante entre duas regiões: Falcão e Bela Vista separadas pela linha do trem e pelo Rio Bauru”. Já a população se divide, alguns veem benefícios, como o morador da Vila Falcão, Vagner Alves “Agora vai ficar mais fácil para mim, eu costumo ir para o Bela Vista quase que todo dia e o viaduto agilizará bastante no meu percurso”; em contrapartida, Jordi Rovero, também morador da região, acredita que a obra atualmente se tornou desnecessária “a população já tinha se acostumado a não utilizar aquele acesso, sinto um pouco que a obra foi retomada apenas para ser lançada e agradar ao povo. Já não é de grande utilidade”.

No dia da inauguração a alegria tomou conta, fogos de artifício foram comprados pela prefeitura para a ocasião, uma carreata foi organizada e o sorriso estava no rosto de autoridades e transeuntes. Todos se esqueceram momentaneamente que apesar dos festejos, não havia muito para se comemorar, afinal, mesmo após 22 anos, a obra ainda não está completa.

A construção do viaduto começou em 1993 e paralisou em 1996 por falta de verba. Em 2011 o Ministério das Cidades do governo federal disponibilizou R$ 5 milhões para o término da obra e, então, ela foi retomada. Agora, apesar de inaugurada, ainda não está pronta. O sentido Bela Vista- Falcão só será liberado após a conclusão da instalação de preceptores de esgoto na Av. Nuno de Assis, algo que está previsto apenas para setembro. Além disso, os 28 postes com iluminação de led, por ser mais econômico, prometidos ao longo do trajeto ainda não estão lá.

Aguarda-se uma resolução até a primeira quinzena de setembro, data preestabelecida para a visita do ministro das Cidades, Gilberto Kassab, e, então, realizar a derradeira inauguração do viaduto inacabado (mas que está quase acabando).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s