NAS ENTRELINHAS DA VIDA E CONVIVÊNCIA EM REPÚBLICA

Texto e fotos por Bianca Landi

Da liberdade à revolução, a vida universitária é repleta de ideais e ideologias a serem alcançados. As repúblicas universitárias, além de fornecerem um ambiente propício para festas e curtição, também encontram, na convivência diária de seu grande número de moradores, atmosferas que rendem debates e reflexões político-sociais que levam geralmente ao engajamento de seus membros.

Sem hipocrisias ou eufemismos, este ensaio tem como objetivo maior ressaltar a essência dos ambientes de repúblicas universitárias. Seus menores detalhes ditam o tom desse universo: a toalha molhada pendurada em lugares triviais do cômodo, as louças e os lanches esquecidos pela casa, adesivos e demais intervenções que traduzam uma ideologia ou crença, xampus e demais objetos íntimos amontoados na janela do banheiro ou até mesmo o acervo de discos que a galera juntou em visitas a sebos e trazendo da casa dos pais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s