O susto do IPVA 2016

Vídeo sobre a cobrança do imposto aponta a circulação de documentos falsos em São Paulo. Fazenda esclarece boato

Por Gabriele Rodrigues Alves

 

IPVA - Gabriele - Pixabay

(Ilustração: Pixabay.com)

Todo início de ano, a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo envia aos proprietários de automóveis avisos de vencimento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores, o IPVA.

O documento informa o valor total, o seguro obrigatório, as taxas de licenciamento e a presença de multas, por exemplo. O procedimento paulista dispensa o envio de boletos bancários pelos Correios e pede que o proprietário do veículo vá até uma agência bancária, apresente o número do Registro Nacional de Veículo Automotor (Renavam), o documento do veículo e escolha uma das formas de pagamento: à vista ou parcelado.

Alarme falso

Contudo, um vídeo que circulou por algumas redes sociais como o Facebook e Whatsapp no começo de 2016 deixou motoristas confusos. Dois documentos são apresentados nas imagens: um envelope branco com letras pretas e outro colorido, em auto envelopamento com bordas destacáveis, contendo inclusive o logo da Nota Fiscal Paulista. O envelope é apontado como falso e o outro documento como verdadeiro.

Mas a assessoria da Secretaria da Fazenda afirma que os dois envelopes do vídeo não são falsificados. “Quando a Fazenda tomou ciência desse vídeo, ela foi atrás para poder esclarecer que não tinha sido nada além de  um equívoco. O documento do envelope ou aquele do auto envelopamento são comunicações e avisos da Secretaria da Fazenda”, esclarece Josmar da Silva Batista, assessor do orgão.

IPVA - Gabriele - Gabriele Alves

O envelope branco foi apontado como falso, mas a Fazenda informa que os dois documentos são autênticos (Foto: Gabriele Alves)

Caso verídico

Mesmo assim, alguns motoristas ficaram inseguros. “Quando recebi o envelope branco, não tinha notado nada de diferente. Entendi que era apenas um informativo. Mas vi o vídeo depois, pelo Facebook, então decidi retirar as informações pela internet”, conta a professora de educação infantil Daniele da Silva Arsoli.

Para esclarecer o ocorrido, a Secretaria da Fazenda emitiu uma nota confirmando: os dois informativos são enviados pelo órgão público. Na notificação é ressaltado que ambos são diferentes, pois aqueles proprietários com mais de um veículo registrado em seu nome recebem os avisos juntos, dentro do envelope.

Até o fechamento da matéria, a assessoria paulista não informou nenhum caso de falsificação e nem de pagamento incorreto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s