Brasil discute energia nuclear como alternativa na redução de gases de efeito estufa

Com o esgotamento das fontes de energia hidrelétrica, o Brasil procura outras formas de produção de energia para atingir as metas do Acordo de Paris

foto1

Foto: Blog do Ambientalismo

Por Isabel Silva

No início de Setembro, o Brasil ratificou o Acordo de Paris, no qual o país se compromete a restringir o aumento da temperatura média global em no máximo 2°C, e manter em até 1,5° em relação aos níveis pré-industriais.

Entre as metas já estipuladas na Convenção do Clima das Nações Unidas, em 2015, o país deve colocar em prática as propostas de reduzir em 37% as emissões de gases de efeito estufa, em relação aos níveis de 2005, em 2025, e, em 2030, manter as emissões reduzidas em 43% abaixo dos níveis registrados em 2005. Ainda, o Brasil assume o compromisso de alcançar 45% do uso de energias renováveis, zerar o desmatamento ilegal no prazo de 15 anos e restaurar 12 milhões de hectares de florestas.

Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), o acordo “entrará em vigor no trigésimo dia após a data, na qual, pelo menos 55 membros da UNFCCC, que representem em conjunto pelo menos 55% do total global das emissões de gases de efeito de estufa, tiverem depositado os seus instrumentos de ratificação, aceitação, aprovação e adesão”. Até o momento 60 países ratificaram o acordo, somando 47,5% do total das emissões de gases poluidores.

A matriz energética brasileira é fortemente dominada pela hidrelétrica, embora já estejamos esgotando os mananciais hídricos com potencialidade para construção de usinas hidrelétricas. De acordo com Marco Antonio Fernandes, Doutor em Tecnologia do Combustível Nuclear e Reatores de Potência, “os investimentos em novas usinas de produção de energia não tem acompanhado o crescimento do consumo de energia no Brasil, mesmo com queda nos indicadores de crescimento. Portanto, a oferta de novas e diversificadas modalidades de energia é extremamente importante para se garantir o abastecimento energético nacional. É urgente a oferta de novas modalidades de energia, tais como: a nuclear, a solar e eólica”, afirma.

Foto 2.jpg

No Brasil, a Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto (CNAAA) conta com duas usinas em operação:  Angra 1 (desde 1985) e  Angra 2 que opera desde 2001.| Foto: Rodrigo Gomez Sanz/ Flickr.

Apesar dos riscos de segurança envolvendo usinas nucleares, como o acidente ocorrido em Fukushima, no Japão, em 2011, uma das alternativas discutidas para o Brasil atingir as metas de redução de emissão de carbono e os impactos ambientais estabelecidos pelo acordo de Paris, é ampliar o uso das fontes de energia, aproveitando o potencial de energia nuclear. “O Brasil deve intensificar o programa de produção de energia nuclear. A energia nuclear é uma forma limpa (pois a usina nuclear guarda o seu próprio rejeito no seu interior), não há emissão de gases para a atmosfera e não provoca transtornos ao meio ambiente como o que ocorre com os grandes reservatórios de água necessários para se construir uma usina hidrelétrica”, explica Fernandes. Além disto, o Brasil possui reservas de urânio e já domina a tecnologia de enriquecimento do urânio.

Essas resoluções implicariam na manutenção das usinas nucleares no Brasil, para que o país esteja preparado estruturalmente para utilizar a energia nuclear como alternativa de produção de energia. O Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN) já trabalha no projeto de construção de um reator multipropósito, o que beneficiará toda a comunidade científica. Segundo Fernandes, que também atua como professor Departamento de Dermatologia e Radioterapia da Faculdade de Medicina de Botucatu – UNESP, a construção de usinas nucleares contribui também para o fomento de grupos de pesquisas na área, e favorece a produção de equipamentos e fontes de radiação de aplicações médicas.

Anúncios

Uma resposta para “Brasil discute energia nuclear como alternativa na redução de gases de efeito estufa

  1. Pingback: Edição Primeiro Semestre 2016 está no ar | UniversiTag#·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s