Streaming conquista novos mercados e aumenta a disputa com a TV

Por Isadora de Oliveira

Com as novas tecnologias e o crescente acesso à internet, empresas que oferecem Streaming, como: o Netflix, YouTube e Spotify, vem mudando a maneira de consumir informação e entre­tenimento.

De acordo com Carlo Rodrigues, doutor em Engenharia de Sistemas e Computação, essa tecnolo­gia consiste em disponibilizar um conteúdo via internet que não fica armazenado na dispositivo do usuário. Isso significa que o consumidor não está violando os direitos autorais, porque não tem cópia dos arquivos, é tudo online.

Empresas como essas, estão em cons­tante ascensão inclusive no Brasil, pois elas oferecem pre­ços acessíveis quando com­paradas, por exemplo, com a TV a cabo, além da facilidade em escolher o que e quando consumir.

A gigante Netflix mostra que sua forma de negócio é eficaz e lucrativa. Durante a CES 2016, a maior feira de tecnologia do mundo, a empresa anunciou que atual­mente está em 60 países e têm 65 milhões de assinantes. E em breve chegará a outros 130 países, incluindo Rússia, Índia e Coreia do Sul.

Quem não está con­tente com o crescimento ace­lerado dessas empresas são os tradicionais canais de te­levisão, que estão vendo seu público migrar para outras mídias. Já as operadoras de TV a cabo enfrentam um pro­blema ainda maior, pois competem com empresas que pagam menos impostos e podem oferecer planos bem mais baratos.

Isso porque a Netflix é um serviço que disponibi­liza conteúdo pela internet. Na prática, isso significa que a empresa não precisa pagar o ICMS, princi­pal impostos pagos pelas operadoras de TV a Cabo, no país. A concorrência mostra­-se desleal, e é, por isso, que a Associação Brasileira de Televisão por Assinatura ape­la para que ocorra uma mudança tributária entre as em­presas que oferecem serviços semelhantes.

Vale lembrar que o acesso a conteúdos via strea­ming não fica restrito aos pagos. Exis­tem diversos sites que ofere­cem esse tipo de serviço de graça. O mais popular deles é o Popcorn Time, que é mesma coisa que o Netflix, mas sem custo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s