Cordyceps: apocalipse fungi?

Fungos parasitas zumbificadores existem. Seria o fim da humanidade?

cordi

Fungo Cordyceps. Foto: Henn Sinasac/Experience Nature

Por Tomio Komatsu

Todo mundo que joga videogame pelo menos já ouviu falar de The Last of Us, titulo para Playstation 3 e 4. Nele, o jogador precisa racionar suprimentos e encontrar formas de sobreviver em meio aos estaladores, pessoas zumbificadas, infectadas e controladas por um fungo chamado Cordyceps

O que nem todos sabem, entretanto, é que o Cordyceps, de fato, existe, e pode ser encontrado até mesmo no Brasil. Para obter mais detalhes sobre esse curioso ser vivo, conversamos com Elisandro Ricardo Drechsler dos Santos.

De acordo com o Drechsler, o Cordyceps é um agrupamento de muitas espécies de fungos em sua maioria entomopatogênicos, ou seja, que atacam, utilizam e até controlam insetos, aracnídeos e outros fungos para desenvolver parte do seu ciclo de vida. Em seu estágio final, o fungo germina no hospedeiro uma estrutura que produz esporos, que irão infectar outros indivíduos.

Ao contrário do que possa parecer, o Cordyceps tem uma importância muito grande na natureza, pois ele funciona como uma das peças reguladoras de superpopulação dentro de um determinado ecossistema.

E o ser humano, será que entra na brincadeira como em The Last of Us? Segundo Drechsler, não. “Os insetos possuem apenas uma carapaça de quitina, que pode ser facilmente ultrapassada pelo esporo do fungo germinado. Já nós, seres humanos, somos organismos com um sistema imunológico poderoso.”

Ainda de acordo com Drechsler: “Claro que há micoses e doenças causadas por fungos em seres humanos, mas isso acontece como resultado de um sistema imunológico comprometido. No entanto, um fungo que passe a controlar o corpo humano (cérebro e sistemas nervosos, musculares, etc.) é muita viagem!

E assim morre a possibilidade de um “apocalipse fungi”. Ou, quem sabe, com todo avanço da tecnologia humana, não comecem a surgir uns estaladores por aí? Vamos esperar (ou não) pra saber!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s