O sucesso da bola oval no país do futebol

O futebol americano tem se tornado cada vez mais popular no Brasil. Os números e a repercussão causados pelo Super Bowl 51 são a prova disso

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Por Bruno Ribeiro

National Football League é a liga esportiva mais rica do planeta. Não à toa, a modalidade da bola laranja vem ganhando espaço e conquistando cada vez mais fãs em terras tupiniquins apesar de o futebol americano ser pouco praticado no Brasil.

No último dia 5 de fevereiro de 2017, a transmissão do Super Bowl 51 entre Atlanta Falcons e New England Patriots alavancou a audiência dos canais de TV paga, sobretudo a ESPN. Somente no Twitter™, cerca de 1,5 milhão de usuários brasileiros enviaram mensagens para comentar sobre a grande final, número que representou a segunda maior interação entre todos os países, perdendo apenas para os Estados Unidos.

E não era para menos: após abrir uma vantagem de 28 a 3 no terceiro quarto do jogo, os Falcons cederam o empate nos minutos finais. Com isso, o duelo decisivo foi para a prorrogação pela primeira vez na história. Logo na primeira posse de bola, os Patriots anotaram um touchdown decisivo, o qual garantiu a conquista do título em um dos desfechos mais emocionantes já registrados na modalidade. Além da partida, o evento conta com uma megaestrutura midiática e de entretenimento. Em 2017, a atração do tradicional show do intervalo foi a cantora Lady Gaga.

Foto: Mark J. Rebilas-USA TODAY Sports/Getty Images

Foto: Mark J. Rebilas-USA TODAY Sports/Getty Images

Para o estudante de engenharia João Pedro Bachega, o sucesso do futebol americano no Brasil sempre foi questão de tempo e paciência. “Acompanho a NFL desde 2006. Pra quem está culturalmente acostumado com o nosso futebol, no começo o jogo até parece um pouco confuso, cheio de paradas e de lances violentos. Mas, quando você entende as regras e passa a compreender toda a estratégia, torna-se um esporte viciante, que proporciona mais emoção do que qualquer outro”, revela o fã.

Também apaixonado pela bola oval, o publicitário Alexandre Sueishi destaca alguns fatores determinantes para o sucesso entre os brasileiros: “Antes as transmissões dos jogos eram muito limitadas às TVs por assinatura. Hoje, com os links piratas, o YouTube® e as redes sociais, é muito mais fácil acompanhar. Além disso, foi muito bacana ver o Cairo Santos se tornar o primeiro atleta brasileiro a jogar na NFL”, afirma Alexandre.

O crescente interesse dos brasileiros tem chamado a atenção dos dirigentes norte-americanos, os quais estudam incluir o país no plano de expansão da liga para o exterior.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s