Parasite Eve e a revolta das mitocôndrias

Existem mitocôndrias com superpoderes e vontade própria?

mitocondrias

Mitocôndria. Imagem: Jornal Ciência

Por Tomio Komatsu

Todo jogador de videogame que nasceu nos anos 80/90, pelo menos já ouviu falar de Parasite Eve, titulo para Playstation 1 que aborda as mitocôndrias como poderosos seres vivos, capazes de controlar todos os seus hospedeiros quando quiserem.

O jogo oferece diversas informações e curiosidades sobre as mitocôndrias; algumas de conhecimento geral, outras surpreendentes.

Mas será que todas as informações do jogo sobre as mitocôndrias estão corretas? Tiramos todas as dúvidas com Paula Bresciani M. de Andrade.

Em uma cena, pessoas começam a sofrer autocombustão. Para o cientista Hans Klamp (personagem do jogo), a energia liberada ao mesmo tempo por todas as mitocôndrias de um único corpo pode gerar efeitos como combustão ou descargas elétricas. Paula desmente essa teoria em poucas palavras: “É pura ficção científica. Não há evidências na literatura científica que descrevam este fenômeno”.

Em outra cena do jogo, seres vivos sofrem mutações, tornando-se grandes gelatinas de proteína ou mesmo monstros por conta das mitocôndrias. “Não, isto não é possível de nenhuma forma”, afirma Paula.

Para Klamp, as mitocôndrias sofrem mutações dez vezes mais rápidas que qualquer célula. “Não. É importante salientar que a mitocôndria é uma organela e não uma célula completa. Ocorre que o DNA mitocondrial é mais susceptível à sofrer mutações quando comparado ao DNA nuclear”, explica Paula.

Ela conta ainda que é impossível uma mitocôndria ganhar autonomia o suficiente para se “rebelar” contra a célula onde está hospedada, e adquirir toda a informação genética que precisaria para ser capaz de se auto-replicar.

Mas será que não existe a possibilidade da mitocôndria ser possuída por outro ser ou vírus? Não que eu saiba. A mitocôndria pode sofrer mutações no seu DNA e, quando essas mutações atingem níveis não compatíveis com o funcionamento normal dessa organela, isto pode desencadear algumas condições patológicas.“, responde Paula.

Agora, podemos afirmar que Parasite Eve é muito mais fantasioso do que parecia ser. Ou seja: jogo foi desmitificado, a infância de muitas pessoas destruída, e a humanidade está a salvo.

Anúncios

Uma resposta para “Parasite Eve e a revolta das mitocôndrias

  1. Pingback: De entretenimento para educação | UniversiTag#·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s