Ter animais em casa pode trazer benefícios à saúde

Pesquisa canadense revela que crianças que crescem com cães têm menos risco de desenvolver alergias e obesidade

Ter um cachorro em casa pode trazer, além de muita alegria, muitos benefícios à saúde; principalmente para os bebês. É que aponta um estudo da Universidade de Alberta, no Canadá. Segundo ele, as crianças que crescem ao lado de cães têm menos ricos de desenvolver alergias e ficarem obesas.

O pediatra Hein M. Tun coordenou a pesquisa. Sua equipe analisou 746 amostras de fezes de bebês, dessas amostras foram retirados alguns micróbios como o Ruminococcus e o Oscillospira, ambos frequentemente presentes em pacientes que não têm histórico de obesidade ou alergia. A equipe percebeu que esses micróbios eram muito mais presentes em bebês que convivem com cães.

Além de melhorar a saúde do intestino do bebê, o estudo também descobriu que os cães podem diminuir a chance de bebês recém-nascidos terem pneumonia. Contudo, se você ainda não acredita que um cãozinho pode trazer todos esses benefícios ao seu bebê, vamos aos depoimentos:

Maricia Krewer é mãe de duas meninas e um cachorrinho lindo chamado Marvin, de 14 anos. Os pais das meninas têm quadros de alergia, mas as pequenas, que cresceram ao lado de Marvin, não apresentam nenhum sintoma alérgico.

IMG_20170114_125324411

Filhas de Maricia crescem saudáveis ao lado do cãozinho Marvin. Imagem: Arquivo pessoal

Com a família de Fernanda Cordeiro não foi diferente. A mãe dela, que desde muito pequena teve asma, melhorou consideravelmente após conviver com cães e, principalmente, com gatos. “(…) Foi quando uns filhotes de gatos apareceram em casa. Ela e minha tia pegaram um filhote. A asma passou como se fosse mágica”, relata.

O irmão mais novo de Fernanda, que conviveu com um cãozinho desde que nasceu, não desenvolveu asma. “Meu irmão nasceu quando eu tinha 8 anos e não teve nada, nem asma. Ele teve um cachorrinho chamado João Bolinha, dormiam juntos, comiam juntos, faziam tudo juntos”, conta.

Débora Venâncio, mãe do pequeno Flávio, conta que o filho é apaixonado por animais. Sua tia é protetora e Flávio ajuda nos resgastes. O pequeno tem um amigo inseparável, o Border Collie, Kusco. Mas por ter asma crônica, os médicos o proibiram de ter animais em casa. Contudo, Débora, relata que Flávio só tem ataques de asma quando está correndo ou pulando, não por estar com animais.

18816809_1150876961690685_692127279_n

Flávio e seu fiel companheiro Kusco. Imagem: Arquivo pessoal

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s