Chester: uma voz que ecoará pela eternidade

O suicídio do vocalista do Linkin Park chocou seus fãs e admiradores

Chester se apresentando com o Linkin Park (Foto: Reprodução)

Por Rodrigo Correia

No dia 20 de julho de 2017, o mundo da música foi surpreendido com a notícia do falecimento de Chester Bennigton, vocalista da banda Linkin Park. Aos 41 anos de idade, ele se suicidou com um enforcamento e foi encontrado em sua casa, perto de Los Angeles (CA). Chester deixou a esposa e seus seis filhos, além de milhões de fãs e admiradores espalhados por todo o mundo.

Recebi a notícia por intermédio de um amigo, mas no começo achei que era algo falso. Fiquei mal, é difícil de aceitar, porque ele é o meu ídolo desde que eu era uma criança”, lamenta José Guilherme Bueno, grande fã da banda.

No local da morte do cantor americano foi encontrada uma garrafa de bebida alcoólica. Chester não omitia seus problemas com o consumo de álcool e de drogas e também o fato de ter sido vítima de abuso sexual ainda na adolescência. Esse episódio triste e de dor podia ser observado em algumas de suas composições, como afirma José Guilherme: “O modo como Chester conseguia passar a mensagem por meio da música era muito especial, diferente do que qualquer outro cantor fazia. Ele conseguia colocar total emoção na música e nas letras dele, você percebia que tinha uma vivência anterior”.

O Linkin Park se destacou na década passada sendo uma das bandas de rock de maior sucesso de uma geração, com uma roupagem diferente que combinava o heavy-metal com hip-hop e outros estilos. Entre os singles do grupo que estouraram estão In the End e Numb.

A voz do Chester é uma coisa marcante em toda trajetória da banda. Acredito que o sucesso vem principalmente pelo mix do rap do Mike Shinoda junto com o rock do Chester, trazendo uma pegada diferente que não tinha nas outras bandas da época. Isso foi a chave para o Linkin Park ter tanto sucesso”, sugere o fã.

A data da morte de Chester foi justamente no aniversário do músico e amigo do vocalista Chris Cornell, da banda Soundgarden, que também cometeu suicídio dois meses antes. Pessoas próximas falam que o Bennington ficou muito abalado com o fato e esse pode ser um dos principais motivos da sua morte, que deixará uma lacuna para uma geração que ouvia suas músicas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s