Girlboss: seja dona do seu próprio negócio

O seriado “Girlboss”, da Netflix, conta a história de Sophia Amoruso, criadora da marca “Nasty Gal” (Foto: Creative Commons / Pixabay)

Por Caroline Mazzer

O avanço tecnológico possibilitou um maior acesso à Internet e aos aparelhos como os dispositivos móveis. A partir disso, várias mulheres passaram a usar esses equipamentos para empreender e criar o próprio negócio. Elas são conhecidas como girlboss, ou seja, chefes da própria carreira ou negócio.

Um exemplo são as youtubers e blogueiras, que conquistam fãs e vendem produtos para diversos tipos de público ou segmento. Além disso, recentemente, a empresa Netflix™ lançou um seriado intitulado Girlboss. A produção conta a história de Sophia Amoruso, criadora da marca Nasty Gal. O seriado foi inspirado em um livro de mesmo nome e ajuda a inspirar outras jovens no mundo todo a fazerem a diferença e empreenderem sozinhas.

Lara Pires é fotógrafa e está criando seu próprio negócio. Segundo ela, o empreendedorismo feminino pode ser uma forma das mulheres se empoderarem e lutarem por seus direitos. “O empreendedorismo feminino é uma ótima ferramenta de empoderamento e é o caminho para nós mulheres ocuparmos o espaço que é de direito nosso. É uma forma de trazer o nosso olhar e vivências para um mundo governado por homens”, explica ela.

Para quem deseja criar seu próprio negócio, Lara dá algumas dicas: “abasteça-se de conhecimento. Leia sobre empreendedorismo, marketing, gestão de negócios, mídias sociais, vendas e tudo que estiver incluso nesse universo. É importante também descobrir o que você gosta e faz de melhor e investir nisso”.

Viviane Faustini é mentora de startups e consultora empresarial. Segundo ela, as mulheres atualmente estão cada vez mais indo em busca de novos mercados. “Vemos muitas mulheres no comércio, área de alimentação, estética, moda, prestação de serviços, mas também vemos mulheres à frente de oficinas mecânicas, vidraçarias, agropecuária, entre outras tantas atividades tidas como ‘masculinas‘”, conta ela.

Para quem quer começar a empreender ou conhecer mais sobre o assunto, a Lara ainda recomendou dois canais de conteúdo: o canal “Espaço Nave“, e os podcasts do siteBrainstorm 9“.

Anúncios

Uma resposta para “Girlboss: seja dona do seu próprio negócio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s