Bancos digitais: fácil, rápido e prático

Conheça as vantagens e desvantagens

Por Beatriz Ribeiro

 bancos digitais que atraem cada vez mais usuários pela facilidade da internet  (Foto: Reprodução)

Os bancos digitais são a nova sensação do momento. Com o surgimento da internet, eles têm atraído cada vez mais usuários. Prometendo facilidade, segurança e zero custos para os clientes.

Sem um lugar físico, essa modalidade de banco resolve tudo através da internet, assim o usuário tem total controle do seu financeiro no celular. A ideia é facilitar a vida do usuário e diminuir as burocracias, dando mais autonomia para o cliente. A NuConta é um exemplo de banco digital, criado em 2017 após o Nubank investir somente em cartão de crédito. Segundo o Nubank, a sua conta digital é usada por mais de 4 milhões de brasileiros. Outro exemplo é o Banco Inter que criou sua conta digital em 2014.

Apesar de trazer facilidade, a grande desvantagem que as pessoas encontram para aderir a esse tipo de conta é o saque. Já que não existe uma unidade física, é mais difícil para sacar dinheiro nos bancos digitais. Na NuConta, o custo para realizar um saque é de R$6,50 e ele é feito somente nos bancos 24 horas.

Brenda Almeida é assistente de atendimento e usuária da NuConta desde dezembro de 2018. Ela diz que criou a conta porque estava procurando uma forma de investir o dinheiro guardado e, como a NuConta rende mais que a Poupança, ela acabou virando cliente. Além disso, ela fala o que mais a atraiu. “Além da isenção da taxa de manutenção, o que me atraiu foi o TED para qualquer banco sem tarifa. É literalmente um sonho poder controlar meu dinheiro. E também o rendimento diário maior que a poupança”, afirma Brenda.

Kawe Antônio dos Santos é estagiário e é usuário a mais de um ano do banco Inter e a mais ou menos seis meses da NuConta. Ele conta o que o motivou a ter uma conta digital. “Vi que esses bancos tinham processos mais fáceis e menos burocráticos para cartão de crédito e investimentos”, diz Kawe.

No quesito segurança, tanto Kawe quanto Brenda acham o banco seguro. “Eles informam que o valor que depositamos fica separado do patrimônio da empresa e por isso não podem ser aplicados em investimentos de alto risco ou emprestados para terceiro, tornando o risco de deixar o dinheiro lá o mesmo que colocar no tesouro direto. Logo, é seguro”, comenta Brenda.

Apesar das facilidades, taxa zero e menos burocracia, ambos os usuários relatam que ainda não dá para ter somente banco digital e, por isso, ainda mantém uma conta em banco tradicional. “Prefiro banco digital pelas facilidades, entretanto ainda vejo como necessário ter conta em pelo menos algum banco físico, em razão da maior disponibilidade de caixas eletrônicos em praticamente todo o país”, afirma Kawe.

Mais informações:


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s